RS percebeu a crise antes e saiu na frente até na previdência, diz Sartori

22/03/2017

 

Durante o lançamento do programa InvestRS, na manhã desta quarta-feira, dia 22, no Palácio Piratini, o governador José Ivo Sartori comentou a decisão do presidente da República, Michel Temer, de deixar fora da Reforma da Previdência os servidores públicos estaduais e municipais. "Eu prefiro olhar para o esforço que temos feito desde o início do governo", disse o governador. 

Sartori frisou que o Rio Grande do Sul já aumentou a contribuição previdenciária dos servidores para 14% e que a previdência complementar estadual já está em vigor. "Essas medidas, aprovadas na Assembleia Legislativa, foram frutos de uma construção coletiva e ajudam a desenhar um novo futuro. Então, isso (a decisão do governo federal) não nos afeta, porque nós cumprimos nosso papel e fizemos a nossa parte", afirmou.

O governador agradeceu aos deputados por essas conquistas e fez uma dura crítica ao time que torce para 'não dar certo'. "Todo mundo fala mal de todo mundo. Todo mundo coloca pra baixo tudo. Para tocar para frente e olhar pro futuro, não tem ninguém. E acho a coisa mais reacionária, mais retrógrada, mais convencional e mais atrasada, é a generalização. Onde tiver generalização, é sempre um caminho maligno e que não ajuda nem o Rio Grande, nem o país e nem a humanidade", declarou.

Sartori destacou ainda que o futuro está sendo plantado por sua gestão. "Falta muita coisa, mas a gente tem que entender que quem quer mudar tudo, acaba não mudando nada. Por isso é preciso fazer em etapas. Tudo é um processo de construção", disse.

Também lembrou que o governo percebeu a crise antes que ela se agravasse e saiu na frente, inclusive na questão previdenciária. E enfatizou: "quem me conhece sabe que sou da cautela, do bom senso e do respeito à autonomia de cada esfera. E generalizar não faz bem a ninguém".

Ascom RS
 

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

A reprodução de todo o conteúdo deste site é autorizada mediante indicação de fonte

Vitrine do Povo - CNPJ 33.306.787/0001-73