Acusado de matar dono de bar em Palmitinho é condenado a 16 anos de prisão

02/06/2017

 

O acusado de matar Miguel de Vargas, 63 anos, em 17 de dezembro de 2015 na linha Esquina do Comércio em Palmitinho, foi julgado e condenado a 16 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado. O juri aconteceu na última terça-feira, dia 30.

 

O crime aconteceu no inicio da noite do dia 17, quando o acusado chegou à casa da vítima, pedindo para que a mesma abrisse o bar que tinha anexo a sua casa e lhe vendesse bebidas. Ao chegar no local o acusado atirou na vitima saindo do local. Miguel foi encontrado já sem vida pela esposa, que ouviu os disparos e alertou a polícia sobre o suspeito, que conhecia desde a infância.

 

O acusado foi preso em 28 de dezembro de 2015, no município de Teutônia.

 

 

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

A reprodução de todo o conteúdo deste site é autorizada mediante indicação de fonte

Vitrine do Povo - CNPJ 33.306.787/0001-73