Campanha de Coleta de Resíduos Eletrônicos e Lâmpadas termina nesta quinta-feira(08)

03/11/2018

 O Município de Palmitinho promove entre os dia 5 e 8 de novembro a Edição 2018 da Campanha de Coleta de Resíduos Eletrônicos.

 

Esta será a segunda vez que a Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente realizará a Campanha.  De acordo com responsável pelo setor do Meio Ambiente, Jean Candaten, haverá vários pontos de coleta destes materiais.

 

De acordo com a Legislação, a Política Nacional dos Resíduos Sólidos, a logística reversa dos resíduos é de responsabilidade dos fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes de agrotóxicos, pilhas e baterias, pneus, óleos lubrificantes, lâmpadas fluorescentes, de vapor de sódio, mercúrio e luz mista e de produtos eletrônicos e seus componentes. Com a lei em vigência desde 2010 e a não efetividade da logística reversa, o município de Palmitinho realiza todo ano de uma a duas campanhas de coleta de alguns tipos de resíduos, como eletrônicos e pilhas.

 

Nos pontos de coleta somente serão recebidas lâmpadas embaladas em papelão individualmente, dentro de garrafas pet ou ainda em caixas tetra pack (caixa de leite). Para o recebimento destas, caso estejam quebradas, serão recebidas somente em recipientes devidamente fechados para evitar a contaminação pelos seus elementos tóxicos.

 

Devido à complexidade do tratamento, para dar a destinação ambientalmente adequada às lâmpadas, que custa em torno de R$1,00 a R$2,00 a unidade, será buscado patrocínio espontâneo de entidades do município para encaminhá-las a uma empresa licenciada especializada pelo tratamento deste resíduo.

 

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e o Conselho Municipal de Saneamento Básico que são os organizadores da campanha, pedem à população que descarte todas as lâmpadas inservíveis em estoque nas residências e comércios, para que seja retirado este passivo ambiental do município, dando a correta destinação.

 

A campanha será realizada apenas uma vez e posterior a isto, as entidades que comercializam estes produtos serão obrigadas a receber e dar destinação adequada a este resíduo, sendo exigida para renovação do alvará de funcionamento, a regularidade da logística reversa.

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

A reprodução de todo o conteúdo deste site é autorizada mediante indicação de fonte

Vitrine do Povo - CNPJ 33.306.787/0001-73