Comissão do Senado aprova projeto de lei que regulamenta o nudismo no Brasil

04/07/2019

A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo aprovou o Projeto de Lei da Câmara que regulamenta em todo o país a prática do naturismo, também conhecida como nudismo. Sem regulamentação oficial, a prática já é realizada em algumas praias do litoral brasileiro e poderá receber regulamentações e aprovação oficial por meio da lei.

 

No projeto, consta que:

— Considera-se espaço naturista aquele autorizado pelo poder público estadual, municipal ou do Distrito Federal, situado em área destinada exclusivamente à prática do naturismo, em praias, clubes, fazendas, campos, sítios, espaços para campismo ou esportes aquáticos e unidades hoteleiras, proibida a prática da atividade nos locais impedidos pela Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente).

 

Ainda segundo o documento, "o poder público municipal poderá, de ofício ou a requerimento do interessado, condicionar a licença a determinados limites ou períodos do ano".

 

As atividades "ao ar livre em que é utilizado o nudismo como forma de desenvolvimento da saúde física e mental, por meio da plena integração com a natureza" realizadas dentro de locais destinados aos adeptos do naturismo, que devem ser demarcadas com placas e sinais de aviso, não constitui ilícito penal.

O projeto, que agora vai à CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado para que possa seguir o rito habitual, tem como atual relator o Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) e foi proposto pela Deputada Federal Laura Carneiro (MDB/RJ).

 

 

 

 

Fonte: Correio do Povo

Markito/Governo de Santa Catarina

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

A reprodução de todo o conteúdo deste site é autorizada mediante indicação de fonte

Vitrine do Povo - CNPJ 33.306.787/0001-73