Dia de Campo aborda regras previstas nas Normativas(IN) 76 e 77

O IV Dia de Campo organizado pela Emater/RS em parceria com a Secretaria Municipal da Agricultura, Cotrifred e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária(Embrapa), abordou a Organização das Propriedades e as novas regras de Qualidade do Leite, Presentes nas Normativas(IN) 76 e 77.


O Dia de Campo ocorreu na tarde da quinta-feira(11), na propriedade dos produtores Eri e Celanira de Souza, na Linha Suco. O tema do Dia foi a “Bovinocultura do Leite e a Organização da Propriedade”.


A atividade contou com a participação de dezenas de produtores do Município em uma tarde em que foram apresentadas novas técnicas de produção e principalmente abordadas as novas regras previstas nas IN.76 e 77, que entraram em vigor no mês de junho.


Conforme o Técnico da Emater/RS-Palmitinho, Luan Jaques da Costa, as novas normas aumentam o rigor no processo de tiragem e processamento do leite produzido nas propriedades. Os principais itens contidos nestas instruções são relativos à temperatura de refrigeração igual ou inferior a 4,0°C no tempo máximo de três horas após a colocação do leite no tanque, sendo que o leite cru refrigerado em propriedades rurais passará a ser destinado aos estabelecimentos de leite e derivados sob inspeção oficial e deverá chegar a laticínios ou posto de resfriamento a 7°, admitindo pela fiscalização excepcionalmente o recebimento até 9°.


O Dia de Campo contou com uma oficina específica apresentada por Técnicos da Cooperativa Tritícola de Frederico Westphalen(Cotrifred), onde foram transmitidos aos produtores os procedimentos para a produção de leite com as novas regras, sua conservação, transporte, seleção, entre outros itens dispostos nas normativas.


Também foram abordadas, com a presença de técnicos da Embrapa, novas técnicas de plantio de pastagens de inverno, com cultivares, implantação e manejo. Já a equipe da Emater apresentou oficinas sobre plantas bioativas e o bem-estar animal.


Conforme a Emater, o Dia de Campo ocorre anualmente com o objetivo de trazer novas técnicas que possam contribuir para aumentar a produção e a lucratividade das propriedades, ampliando também a qualidade do leite produzido.




Fotos: Arquivo/Emater/RS