DESTAQUE ESPORTIVO: O primeiro de muitos

29/02/2020

Escrevo a primeira coluna do ano justamente no domingo de carnaval, confesso que mesmo em jejum de líquidos, a sensação é de muita ressaca que só os vinhos da serra quando consumidos em excesso podem proporcionar. Parabéns ao Caxias! Foi merecedor. Peço permissão ao “Radicci”, pois hoje preciso falar do Grenal; até porque, muito falaremos do maior clássico do mundo nesta temporada.  Preparamo-nos, as redes sociais irão “bombar” com os “memes” do Renatão e do D’Alessandro.

Ano novo, vida nova e equipes também renovadas. A dupla se remodelou para 2020; basicamente "meio time" colorado e gremista em relação ao ano anterior, sendo que na teoria as trocas foram lucrativas e despertam muita expectativa no torcedor.

 

No Internacional, além do treinador, são dois laterais, um volante e possivelmente um meia e um atacante diferentes; mais do que isso, o esquema de jogo é a grande novidade. A marcação alta, com a intensidade característica do técnico argentino é a bola da vez, apesar de já se ouvir murmúrios nos arredores do Beira Rio. Tudo muito cedo é claro, mas em outros tempos, jogar com quatro volantes no meio de campo e dois atacantes veteranos era crítica ferrenha na certa. Celso Roth, ex-treinador da dupla, jogava com três volantes e só não foi crucificado em praça pública porque ninguém se atreveu a atirar a primeira pedra.

 

O Grêmio também modificou sua fotografia. Contratou muito bem e está sendo elogiado pela crítica do centro do país que o coloca como candidato a enfrentar o Flamengo, o todo poderoso do futebol brasileiro. Todo mundo sabe que na prática nem sempre acontece aquilo que foi traçado no papel, prova foi na decisão de turno do Gauchão, porém a tendência é que novamente Renato tenha uma equipe altamente competitiva, até pelas reposições interessantes que eram ausentes em anos anteriores.

 

Vanderlei, Victor Ferraz, Geromel, Kanemann e Caio Henrique; Maicon, Matheus Henrique, Tiago Neves, Jean Pierre; Everton e Diego Souza é um timaço, considerando que o "cebolinha" permaneça pelo menos no primeiro semestre. Ainda há o Leonardo, Orejuela, David Braz, Cortez, Lucas Silva, Alisson, Luciano, Pepê e outros garotos a disposição. Mesmo perdendo para o Caxias, levo fé; aguardaremos.

 

Ahhhh....sobre o Grenal das semifinais do Gauchão... é apenas o primeiro de muitos.

 

Pela região, também muitas expectativas boas para a temporada. União Frederiquense vem se preparando forte para a Divisão de Acesso; AFUCS e Guarani estão na elite do futsal gaúcho, além dos campeonatos municipais em diversas categorias. Tudo isso é muito bom. Sorte e sucesso a todos.

Um forte abraço e até a próxima.

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

A reprodução de todo o conteúdo deste site é autorizada mediante indicação de fonte

Vitrine do Povo - CNPJ 33.306.787/0001-73