Palmitinho deve receber 15 leitos de internação em cuidados prolongados

27/03/2020

O Hospital Santa Terezinha de Palmitinho(HST) esta entre as cinco casas de saúde que receberão recursos para habilitação de leitos de internação de cuidados prolongados no Estado do Rio Grande do Sul.

 

Governo do Estado assinou, nesta quinta-feira (26), a habilitação de 95 leitos de cuidados prolongados em cinco hospitais nos municípios de Marcelino Ramos, Palmitinho, Alecrim, Ajuricaba e São João do Polêsine. Os leitos irão reforçar a assistência hospitalar do Sistema Único de Saúde (SUS) no Rio Grande do Sul e integram o esforço estadual no combate ao novo coronavírus.

 

Com os novos leitos de cuidado prolongado, reduz-se a ocupação de leitos de urgência e de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), deixando-os disponíveis para pacientes com Covid-19 que evoluam com maior gravidade. A assinatura do contrato com as instituições foi realizada no Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF), em Porto Alegre.

 

Os leitos de cuidados prolongados abrangem pacientes com gravidade intermediária entre a assistência de quadros agudos e aqueles que podem ser tratados na Atenção Primária (postos de saúde ou Estratégia de Saúde da Família). O objetivo do atendimento prolongado é a recuperação e a reabilitação das pessoas com perdas transitórias ou permanentes de autonomia e que não necessitem de cuidados hospitalares em estágio agudo.

 

A habilitação dessas unidades também ajuda a diminuir as internações recorrentes do agravamento do quadro clínico de usuários em regime de atenção domiciliar e a aumentar a rotatividade de leitos de retaguarda clínica.

 

Conforme a Diretora do HST de Palmitinho, Neida de Cezaro Bonifácio, os novos leitos é uma demanda antiga e que chegam em momento de bastante turbulência em meio a pandemia de coronavírus, mas o desafio será encarado com a responsabilidade de dar o melhor atendimento aos pacientes. De acordo com a Diretora, os novos leitos poderão receber pacientes de diversas partes do Estado, o que torna o HST uma das referências neste tipo de atendimento .

 

Por cada leito, o Ministério da Saúde repassará R$ 6 mil por mês aos hospitais, que já estavam habilitados pelo Governo Federal e, agora, estão habilitados também pelo Governo do Estado.

 

Veja quais hospitais prestarão esse serviço, quantos leitos terão e o valor anual que será repassado para custear a estrutura:

- Associação Hospitalar Marcelinense (Marcelino Ramos): 20 leitos - R$ 1,4 milhão/ano;

- Hospital Santa Terezinha (Palmitinho): 15 leitos - R$ 1 milhão/ano;

- Sociedade Hospitalar de Caridade de Alecrim (Alecrim): 20 leitos - R$ 1,7 milhão/ano;

- Associação Hospitalar Beneficente Ajuricaba (Ajuricaba): 25 leitos - R$ 1,4 milhão/ano

- Hospital de Caridade São Roque (São João do Polêsine): 15 leitos - R$ 1 milhão/ano;

 

 

 

Fonte: Portal RS

Foto: Arquivo Fcebook/HST

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

A reprodução de todo o conteúdo deste site é autorizada mediante indicação de fonte

Vitrine do Povo - CNPJ 33.306.787/0001-73