AGRONEGÓCIO EM DESTAQUE: Buscando saídas para amenizar a crise gerada pela estiagem e a pandemia

Passamos por um período de estiagem que trouxe muitas dificuldades aos agricultores, nos cultivos de milho, soja, feijão, e milho silagem, também a atividade da bovinocultura de leite, uma das principais atividades do Município.


A Bovinocultura do leite foi a uma das que mais sofreu com os efeitos da falta de chuvas, já não bastasse à estiagem o cenário devido à pandemia preocupa ainda mais os agricultores, pois algumas empresas estão reduzindo o preço pago ao litro de leite.


Nesse cenário, temos um agravante em relação à quitação dos investimentos e dos custos de produção da atividade, por outro lado neste mês de maio com melhorias nas precipitações pluviométricas, já podemos presenciar em algumas propriedades, o inicio do pastejo de cultivares de inverno, como aveia, azevem e trigo, e também uma recuperação das pastagens perenes de verão, as quais vão sendo utilizadas até o completo estabelecimento de cultivares de inverno, melhorando as condições de alimentação e consequentemente a produtividade de leite.


Diante disso, nos últimos meses nós da Emater/Ascar-RS, estivemos trabalhando de maneira mais intensa na realização de vistorias de Proagro, para que agricultores que tiveram perdas significativas em suas lavouras pudessem acessar o seguro agrícola. Finalizamos este período com 114 pericias realizadas, 104 na cultura do milho, 8 na cultura da soja e 2 na cultura do feijão.


O seguro agrícola, neste momento de dificuldade, vem como um ótimo auxílio aos agricultores, para que os mesmos possam estar quitando seus custeios e seguindo mantendo suas atividades em dia. Todos nós esperamos sair logo deste período difícil e retornar nossas atividades a sua normalidade.


Até a próxima edição

A reprodução de todo o conteúdo deste site é autorizada mediante indicação de fonte

Vitrine do Povo - CNPJ 33.306.787/0001-73