AGRONEGÓCIO EM DESTAQUE: Plano Safra 2020/2021 traz novidades

04/07/2020

•   Iniciamos o segundo semestre de 2020, e com ele o novo Plano Safra, programa este de que neste ano destina 33 bilhões de reais de recursos para Pronaf Investimento e Pronaf Custeio para agricultura familiar. Para ter acesso a este crédito os agricultores devem possuir enquadramento através da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), devem ter posse ou arrendamento de área agrícola, bloco de produtor rural, renda de até 415 mil reais por ano agrícola, o Plano Safra 2020/2021 traz algumas mudanças, as quais vou destacar nesta edição.

 

•   No que diz respeito ao custeio agrícola, a mudança principal ficou na taxa de juros, que passou de 3% ao ano, para 2,75%, até 20 mil reais, para custeios acima dos 20 mil reais, a taxa de juros reduziu de 4,6%.a.a, para 4%, com um limite de 250 mil reais por pessoa física por ano, isso se referindo ao custeio agrícola. No custeio pecuário a taxa de juros passou de 3% ao ano  para 2,75%, quanto ao Pronaf Investimento o juro passou de 4,6% para 4% ao ano com prazo de 10 anos para pagamento. Em alguns itens como caminhonetes e motocicletas para finalidade agrícola o prazo de pagamento é de 5 anos, para trator, colheitadeiras e implementos em geral o prazo de pagamento é de 7 anos. Lembramos que o limite para investimento por ano agrícola por pessoa física é de 330 mil reais. Para investimentos em recuperação de solo, formação e recuperação de pastagens, implantação ou reforma de estruturas de secagem e armazenagem como silo secadores, construção de estruturas para cultivo protegido, aquisição de resfriadores e ordenhadeiras, a taxa de juros é de 2,75%a.a., com prazo de até 10 anos para pagar.

 

• Pronaf Habitação Rural para construção e reforma também tem novidades, como a redução da taxa de juros para 4% ao ano, filho de agricultor com DAP pode acessar o crédito, pai pode ser avalista e ceder uma área como contrato pelo período de 25 anos, com prazo de 10 anos para pagar e até 3 anos de carência, com limite de financiamento de 50 mil.

 

•  Para maquinas e equipamentos usados, o limite para financiamento é de 165 mil, no caso compra de colheitadeira automotriz, e de 80 mil reais para os demais casos.

 

•  Outra novidade deste plano safra é que: Beneficiário do Pronaf pode acessar créditos nas condições do Pronamp sem deixar de ser beneficiário do Pronaf, se contratar crédito no Pronaf fica impedido de contratar crédito no Pronamp, e vice-versa, isso para o caso do mesmo ano agrícola.

 

Para agricultores PRONAMP a taxa de juros de custeio teve ajuste de 6% . para 5% a.a., nos investimentos Pronamp passou de 7% para 6%a.a., com limite de custeio de 1,5 milhão por ano agrícola e investimento de 430 mil reais por ano agrícola.

 

Em caso de dúvidas e para mais informações basta consultar a Emater do seu município ou as agências bancarias. Hoje abordamos este tema para você saber um pouco mais sobre as mudanças no novo Plano Safra e assim poder continuar tendo acesso ao seu investimento e custeio agrícola. Até a próxima edição

 

 

 

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

A reprodução de todo o conteúdo deste site é autorizada mediante indicação de fonte

Vitrine do Povo - CNPJ 33.306.787/0001-73