ESPAÇO ABERTO: A demora pelo milagre

04/07/2020

Abaixo cito uma pesquisa, divulgada na agência americana Reuters, que vem sendo feita por cientistas em busca de um remédio que possa neutralizar a ação do coronavírus no corpo humano. Trata-se de uma esponja microscópica, mil vezes menor do que a espessura de um fio de cabelo, desenvolvida por Cientistas da Universidade da Califórnia em San Diego e da Faculdade de Medicina da Universidade de Boston, nos EUA. O trabalho foi publicado recentemente (17/06), na revista especializada "Nano Letters".

 

Conhecidas como "nanosponges", elas são revestidas com membranas das células humanas com os receptores que se ligam à proteína Spike presente no Sars CoV-2, responsável pela entrada e infecção do vírus. Estas esponjas atraem e inativam as funções do coronavírus. As partículas são biodegradáveis e são projetadas para a proteção das células saudáveis, independente do vírus ou, até mesmo, de outros vírus que infectam as pessoas. Porém os testes publicados recentemente completaram a primeira etapa, que foi em camundongos. Testes clínicos em seres humanos poderão ser autorizados em breve.

 

Esperança e realidade

 

Todos nós estamos confiantes numa cura milagrosa imediata. Mas infelizmente ela ainda não foi possível. A verdadeira eficácia de uma vacina ou um remédio que seja, para a cura da Covid-19, poderá levar anos, na melhor das hipóteses, meses. Cientistas de todo o mundo, das mais importantes universidades e dos mais renomados laboratórios trabalham dioturnamente, nas mais variadas pesquisas. Trabalhos animadores vêm sendo publicados. Mas o que falta realmente é tempo para testar em massa nos pacientes e para fabricar em larga escala que possa atender bilhões de pessoas. Com certeza em breve teremos a solução.

 

Enquanto isso, a palavra é prevenção. Usar máscara, inclusive em casa, para as reuniões de família. Isolamento social daquelas pessoas que podem ficar em casa. Lavar as mãos diversas vezes por dia com água e sabão, não sendo possível, usar álcool em gel. Higienizar locais públicos regularmente. É um vírus silencioso e rápido, que está entre nós e não conseguimos vê-lo. Ele está causando danos irreparáveis na população. Vidas estão se perdendo. Precisamos atender o apelo das autoridades.

 

Cuidem-se e obrigado pela leitura.

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

A reprodução de todo o conteúdo deste site é autorizada mediante indicação de fonte

Vitrine do Povo - CNPJ 33.306.787/0001-73