DESTAQUE ESPORTIVO: DEU GRÊMIO! DE NOVO

09/08/2020

Sem corneta! Venceu o melhor. Contra os dados não existem argumentos. O Grêmio foi mais equilibrado, melhor organizado e possui treinador mais competente. Tem mais time e ponto final; sem soberba.

 

Com corneta! não posso perder a “vaza” se é que me entendem. Considerando que nenhuma competição terminará em 2020, o Inter passará mais um ano sem título.

O vencedor do clássico da última quarta-feira provavelmente será o Campeão Gaúcho 2020, mesmo com todo o respeito que se faz necessário ao Caxias. Se por ventura a Federação Gaúcha de Futebol manter o regulamento com os dois jogos decisivos, ida e volta, aí o “provavelmente” passa a ser “fatalmente.

 

A lógica é simples e visível neste ano completamente atípico onde a estrutura fará ainda mais a diferença. É neste sentido que reitero que a probabilidade do time da serra aumentaria um pouco, não muito, em jogo único. Todo mundo já viu esse filme, em um só jogo, o time pequeno fica fechadinho, joga por uma bola, acha o gol e pronto.

 

Com convicção! em dois jogos, é faixa no peito do tricolor.

 

Aos poucos vamos nos acostumando ao “novo moderno” também no futebol. Não foi fácil, mas pelo menos começou. É bom inclusive já aceitar que o fator local não deverá mais apavorar ninguém. Não acredito que o público volte a freqüentar os estádios nesta temporada como antes da pandemia. Prejuízo para a Dupla Grenal, jogar em Porto Alegre sempre assustava.

 

Brasileirão começará neste final de semana. Como já palpitei em edição anterior, levo muita fé na Dupla e não vejo terra arrasada no colorado após mais uma derrota no clássico. Vejo apenas o Flamengo à frente, sendo que ainda passará por um novo processo de trabalho com o treinador recém chegado. De qualquer forma é o favoritaço.

 

Se a Copa do Brasil e a Libertadores não desviarem o foco, acredito que Grêmio e Inter, juntamente com o Flamengo, Palmeiras e Atlético MG dominem o futebol brasileiro.

 

Perder ou ganhar o Grenal é rotina. Difícil é explicar para o João Lucas que o seu ídolo Everton Cebolinha irá embora e o Grêmio não conseguirá trazer o Messi ou o Cristiano Ronaldo ou o Cavani mesmo que ele ofereça o seu “cofrinho” recheado de “duas dezenas” de moedas para ajudar.

 

Um forte abraço e até a próxima.

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

A reprodução de todo o conteúdo deste site é autorizada mediante indicação de fonte

Vitrine do Povo - CNPJ 33.306.787/0001-73