Instituições bancárias iniciam pedidos do Plano Safra 2020/2021

13/08/2020

Fundamental para centenas de produtores agrícolas de Palmitinho, os pedidos de custeio para o Plano Safra 2020/2021, já estão sendo encaminhados pelas instituições bancárias do Munícipio.

 

O Programa apresentado no último mês pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento(MAPA), traz algumas novidades, principalmente no que tange a redução de juros para o custeio do próximo plantio. Para esta safra o Governo está destinando cerca de R$ 33 bilhões para investimentos, integrando: Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar(Pronaf), Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural(Pronamp) e Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária(Inovagro).

 

Conforme dados da Emater, em consulta as instituições bancárias, em Palmitinho foram 573 famílias que acessaram o Pronaf Investimento e Pronaf Custeio na última safra. O montante de crédito correspondeu a um total de R$15.433.501,13 acessados no último ano.

 

O acesso às linhas de crédito oferecidas no Plano Safra tem importante participação da Emater, tanto na assistência técnica nas propriedades como no encaminhamento da documentação para acessar o custeio. De acordo com o Técnico da Emater de Palmitinho, Luan Jaques da Costa, em 2019, a Emater realizou 237 projetos entre custeios e investimentos. “Realizamos toda documentação, mapas, croquis, licenças, cadastro ambiental auxiliando os agricultores familiares a acessarem o crédito”, relata.

 

Para ter acesso ao crédito os agricultores devem possuir enquadramento através da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), devem ter posse ou arrendamento de área agrícola, bloco de produtor rural, renda de até R$ 415 mil por ano agrícola.

 

Conforme as instituições bancárias consultadas pela reportagem do VP, para este ano o Plano Safra 2020/2021 traz algumas mudanças, sendo que a principal delas se refere à redução dos juros, o que pode elevar a lucratividade para a próxima safra. Os juros para custeio agrícola apresentou redução de 3% para 2,75%, até R$ 20 mil e de 4,6% para 4% para valores acima de R$ 20 mil. No custeio pecuário a taxa de juros passou de 3% para 2,75% ao ano, quanto ao Pronaf Investimento o juro passou de 4,6% para 4% ao ano com prazo de 10 anos para pagamento.

 

O crédito pode ser acessado através de qualquer instituição bancária ou cooperativa de crédito do município. Dúvidas e mais informações e orientações podem ser acessadas junto a Emater.

 

 

 

 

Foto: Arquivo Web

 

 

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

A reprodução de todo o conteúdo deste site é autorizada mediante indicação de fonte

Vitrine do Povo - CNPJ 33.306.787/0001-73