Decreto estadual permite abertura de quadras para jogos amadores

17/09/2020

Uma edição especial do Diário Oficial do Estado, publicada na segunda-feira(14), autorizou a reabertura de quadras esportivas para jogos amadores no Rio Grande do Sul. Poderão ser reabertas as quadras situadas em municípios que ficarem por, no mínimo, 14 dias sem registrar bandeira vermelha ou preta. As prefeituras podem estabelecer normas mais rígidas.

 

Os jogos não podem ter presença de público, e o intervalo entre as partidas precisa respeitar uma hora, com o objetivo de evitar aglomeração e permitir higienização. O texto do governo também veda o uso de espaços de entretenimento, como churrasqueiras e praça infantil. O governo ainda esclarece que, no caso das quadras, vale a bandeira determinada pelo Estado, não a da cogestão. 

 

Confira outras atualizações sobre os espaços esportivos

- Nas academias, centros de treinamentos e estúdios, em regiões com bandeira laranja, haverá a permissão de 50% de trabalhadores presenciais. O atendimento presencial deve respeitar o distanciamento de no mínimo 10 metros quadrados por pessoa e material individual.


- Nos treinos em piscinas, também em locais com bandeira laranja, será permitido 50% de trabalhadores presenciais. A prática esportiva deverá deverá ocorrer com uma pessoa por raia para a natação e com distanciamento de 10 metros quadrados entre os praticantes.

 

- Nos clubes sociais e esportivos, em regiões de bandeira laranja, será permitida a presença de 50% de trabalhadores. Nesses locais, nos quais não há registro de bandeira vermelha ou preta nos últimos 14 dias, a prática dos esportes coletivos nas quadras fica permitida em quadras esportivas, sem público, com intervalo de uma hora entre os jogos e uso intercalado das quadras, para evitar aglomeração e permitir higienização. O uso de espaços de entretenimento como churrasqueiras e praças infantis segue vedado.

 

- Nos clubes de futebol profissional em disputa no Campeonato Brasileiro 2020 e na Copa Libertadores 2020 será permitida a presença de 25% dos trabalhadores. Treinos e jogos são exclusivos para atletas profissionais e sem a presença de público.


Nas competições esportivas de atletas profissionais será permitido 50% de trabalhadores presenciais, sem público. Para outros serviços que se enquadram no segmento esportivo, será permitida a presença de 25% dos trabalhadores.

Compartilhar no Facebook
Share on Twitter
Please reload

A reprodução de todo o conteúdo deste site é autorizada mediante indicação de fonte

Vitrine do Povo - CNPJ 33.306.787/0001-73