Agroindústria de ovos caipira recebe certificado do SIM Municipal


Durante visita recebida na manhã deste quinta-feira(19), a Agroindústria de Ovos Caipira do produtor Evandro Kusller, na Linha Lajeado Leão, recebeu o certificado do Sistema de Inspeção Municipal(SIM).


A agroindústria é a terceira beneficiada com o certificado que permite que os produtores possam comercializar sua produção diretamente nos estabelecimentos comerciais do município com o selo de inspeção municipal.


Situada na Linha Lajeado Leão a propriedade de Evandro Kusller conta com uma ampla estrutura para alojamento das poedeiras, bem como local adequado para armazenamento e embalo dos ovos para posterior comercialização. Inicialmente a propriedade está alojando 500 aves e a expectativa é de que nas primeiras semanas a produção chegue a 20 dúzias de ovos ao dia, passando para aproximadamente 50 dúzias a partir do sexto mês de produção.


O produtor destaca que este é um antigo sonho e se tornou possível com o apoio da Administração Municipal e da Emater/RS. O projeto foi viabilizado após a implantação do SIM Municipal, uma iniciativa da Administração Municipal através do convênio entre a Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente, Emater e a Agencia de Desenvolvimento Regional(Ademau).


Conforme o Secretário Municipal da Agricultura, Cleber Luís Sponchiado, a contribuição do município ocorre através da prestação de serviços como o trabalho de terraplanagem, dos custos de convênios e documentação necessária, e com toda a orientação prestada pelos técnicos da secretaria, da Emater e da Ademau.


A entrega do certificado ocorreu na manhã desta quinta-feira, durante visita do Secretário Municipal da Agricultura e Meio Ambiente, Cleber Luís Sponchiado; do Técnico da Emater, Alex de Mello Rubin; da Coordenadora do Serviço de Inspeção da Ademau, Andieli Nino; e da Médica Veterinária da Secretaria da Agricultura, Juliane Inês Fath Pereira.


No último ano receberam os certificados a agroindústria Sul Ovos, na Linha Caldeirão, e a Agrofish Pescados, na Linha Santo Antônio. Ambas estão em plena produção, disponibilizado os produtos no comércio local, além de gerar emprego e renda para famílias palmitinhenses.




Fotos: Divulgação