top of page

CMN eleva teto de financiamento para cooperativas do Pronaf


As cooperativas de pequenos agricultores poderão pegar até R$ 30 milhões em financiamentos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), decidiu nesta quinta-feira (20) o Conselho Monetário Nacional (CMN). O órgão elevou o teto de financiamento da linha de crédito Pronaf Industrialização da Agroindústria para os financiamentos contraídos até 30 de junho.


O limite anterior estava em R$ 25 milhões. O CMN também elevou o limite de contratação por associado ativo das cooperativas, que passou de R$ 60 mil para R$ 90 mil. Essa condição especial também valerá até 30 de junho.


As medidas valem apenas para as cooperativas singulares constituídas majoritariamente por agricultores familiares, com pelo menos 75% de agricultores familiares no quadro social.


Segundo o Ministério da Fazenda, a elevação temporária dos limites de financiamento tem como objetivo incentivar o desenvolvimento da agricultura familiar no país. Essa linha de crédito beneficia cooperativas que promovem a industrialização dos produtos agrícolas produzidos pelos agricultores familiares.







Fonte: Agência Brasil

Foto: Emanuel Cavalcante/Embrapa Amapa

bottom of page