top of page

Curso de Agronomia da URI/Frederico ganha Conceito máximo em avaliação do MEC


O curso de Agronomia da URI, Câmpus de Frederico Westphalen, recebeu o Conceito 5 na avaliação de Reconhecimento de Curso de Graduação do Ministério da Educação. O curso foi avaliado em visita on-line à infraestrutura da universidade, como laboratórios, salas de aula e Unidades Técnicas Pedagógicas, bem como em análise de currículo e projeto pedagógico, acervo bibliográfico e corpo docente.


O reconhecimento foi feito entre os dias 26 e 28 de abril, por uma Comissão de Avaliação composta pelo professor-doutor em Engenharia Agrícola, Wady Lima Castro Júnior, e pela professora-doutora em Solos e Nutrição de Plantas, Juliana Maria Nogueira Pereira. A agenda de avaliação contou com a participação de todos os setores da universidade, como Secretaria Geral, Serviço de Atendimento ao Estudante e demais setores administrativos, além de todos os parceiros do curso de Agronomia. Os estudantes da graduação também estiveram envolvidos, participando de uma reunião com a comissão no dia 27.


Toda a comunidade acadêmica colaborou com a avaliação, principalmente o coordenador do curso de Agronomia, Gelson Pelegrini, os diretores do câmpus, Elisabete Ceruti, Alzenir José de Vargas e Carlos Eduardo Blanco Linares, a Pró-Reitora de Ensino, Edite Maria Sudbrack, a Comissão Própria de Avaliação (CPA), representada pela professora Maria Cristina Gubiani Aita, e os professores participantes do Núcleo Docente Estruturante.


Segundo o coordenador, o momento de avaliação foi importante, além do conceito conquistado, para a realização de uma análise dos primeiros três anos do curso de Agronomia. “Temos experiência de quase duas décadas em formação superior na área de Ciências Agrárias pelo curso de Tecnologia em Agropecuária, e a proposta do curso de Agronomia é inovadora, pois visa trabalhar com a alternância e a aplicação prática do conhecimento em propriedades rurais. Temos convênio com as unidades de produção dos nossos alunos, para que façam o Projeto Profissional Integrador, desde o terceiro até o nono semestre. Estávamos apreensivos sobre como isso seria relatado pela comissão, por ser uma inovação, mas recebemos esse resultado máximo”, explica Pelegrini.


A diretora geral da URI, Elisabete Cerutti, destaca que a conquista do Conceito 5 deve-se ao profissionalismo dos docentes, gestão e técnicos-administrativos e de apoio, ao cuidado com as aulas, as vivências acadêmicas, ao suporte de toda a URI junto ao curso e aos alunos, que são estudiosos e co-partícipes de todas as inovações que o curso de Agronomia tem oportunizado. “Estamos celebrando essa avaliação, porque ela traduz o cotidiano de nossa URI, sempre preocupada com a excelência do estudo, com a aprendizagem e com o impacto de nossas ações na comunidade regional. Parabenizamos a todos os envolvidos, ao passo que agradecemos pelo dinamismo, zelo e competência que são marcas presentes nos fazeres cotidianos”, frisa a diretora.


Conforme o MEC, o Conceito 5 é símbolo de excelência. Significa que a IE e seus cursos são de alto nível, servindo como verdadeira referência para os demais.




Fonte: URI/FW

bottom of page