DESTAQUE ESPORTIVO: Ano Novo! futebol velho

Em situação extremamente excepcional, futebolísticamente falando sem precedentes na história, começamos um novo ano e as competições ainda são as velhas. Maldita pandemia ! Viva a vacina ! Salve o SUS.


Neste exato momento, o torcedor colorado pode estar eufórico, comemorando o título do brasileirão quebrando um longo jejum. Pode também ter que esperar mais alguns dias, ou ainda, considerando que a secação é na mesma proporção, ter que esperar mais algumas temporadas. Sempre tem um Sport Recife da vida colocando água no chopp.


Agora, é fato, de que nunca esteve tão perto, assim como é fato, de que nunca um campeonato foi nivelado por uma régua abaixo das condições lógicas. Digo isso e é uma situação óbvia, que pelas condições financeiras que consequentemente ocasionam em equipes mais fortes e competitivas, o normal seria um Flamengo, Palmeiras ou até o Atlético Mineiro erguer o troféu.


De forma alguma isso desmerece ou diminui o eventual título do Internacional. Aos trancos e barrancos foi se mantendo; foi oscilando, foi ganhando. Perdeu jogadores importantes como Saravia, Moledo, Boschilia, Guerrero e até Tiago Galhardo; recuperou Rodnei, Moises e Dourado, apresentou Lucas Ribeiro e Yuri Alberto, mas principalmente valorizou a gurizada da casa como Praxedes e Caio Vidal. E lembrar que o Coudet falava em "grupo curto". Quanta bobagem. Abel Braga é que é o cara.

Eu não farei força nenhuma, mas o foguetório deverá ser graúdo. Pensando bem, não quero nem ver e nem ouvir.


E como tudo na vida tem um mas....um contudo... um porém...pode ocorrer de os fabricantes "colherem" uma safra vantajosa com a produção dos artefatos. Na Copa do Brasil o Grêmio tá na "espreita". Nunca vi jogo jogado. Já escrevi várias vezes sobre o Renato, goste ou não dele, o homem é ligado. Quem dúvida é louco.


Então a situação é essa. Dias de glória estão por vir, mesmo que a data certa seja imprevisível, pode ser logo mas pode demorar longas "velhas temporadas".


Legal disso tudo, é que neste "novo ano mas com velhas competições" é que logo ali, é só uma acelerada e uma freada, já teremos novas competições neste mesmo novo ano".


Um forte abraço e até a próxima.

A reprodução de todo o conteúdo deste site é autorizada mediante indicação de fonte

Vitrine do Povo - CNPJ 33.306.787/0001-73