top of page

Fetag promete fechar fronteira com o Uruguai contra importações de leite


Os produtores de leite ligados à Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag-RS) programam nova mobilização contra a crise do setor no Estado. O protesto deve ocorrer na próxima semana e, segundo a federação, irá paralisar a ponte internacional de Jaguarão, na fronteira do Brasil com o Uruguai. A decisão foi tomada após reunião da Comissão Estadual do Leite e dos coordenadores regionais da entidade, realizada nesta segunda-feira, em Porto Alegre.


Conforme o vice-presidente da Fetag-RS, Eugenio Zanetti, o protesto está previsto para o dia 27, quarta feira, mas pode se estender também para o dia seguinte, 28. “O produtor não aguenta mais esperar e o governo federal fez muito pouco até agora para salvar o produtor de leite do Brasil. Se eles não barram o produto do Mecosul, o produtor vai barrar”, afirma.


A federação promete buscar contato com outros estados para incentivar que a ação ocorra em outros postos de fronteira, especialmente em Santa Catarina e no Paraná. “Tive acesso a uma nota de produtor que recebeu R$ 1,04 pelo litro de leite, valor menor que de um litro de água”, lamenta.








Fonte: Correio do Povo

Foto: Eduardo Oliveira / Fetag / Divulgação / CP

Comments


bottom of page