JBS anuncia novos investimentos em Seberi


Em transmissão virtual nesta quarta-feira (14), com a participação do governador Eduardo Leite, secretários e deputados estaduais, a JBS anunciou que investirá R$ 1,7 bilhão em sete fábricas no Rio Grande do Sul até 2023.


Os recursos serão destinados à expansão e melhorias em suas unidades em sete municípios gaúchos – Bom Retiro do Sul, Caxias do Sul, Nova Bassano, Passo Fundo, Seberi, Santa Cruz do Sul e Trindade do Sul –, com objetivo de atender as demandas dos mercados interno e externo, tanto para produção de proteína in natura como de alimentos preparados.


“Investimentos de R$ 1,7 bilhão em um prazo de dois anos e meio são, sem dúvida, sinônimo de confiança no nosso Estado e no trabalho do povo gaúcho, que é um povo vocacionado para o trabalho, com disposição para gerar riqueza e que faz isso com qualidade e produtividade”, destacou o governador.


“Agradecemos a confiança da empresa no Rio Grande do Sul e garantimos que o governo continuará trabalhando para se fazer sempre merecedor desta confiança dos empreendedores, acolhendo investimentos e tornando o Estado mais acolhedor através da redução de custos com burocracia, logística e tributação. Tudo isso já vem ocorrendo na medida em que reduzimos a máquina pública, aprovamos profundas reformas e modernizamos o Estado”, afirmou Leite.


De acordo com o presidente da JBS América do Sul e da Seara, Wesley Filho, a companhia está presente em 25 municípios gaúchos, com fábricas em 12, totalizando, até o momento, 18 mil empregos. O novo investimento destinado à ampliação de sete das unidades produtivas tem potencial de gerar 2,7 mil postos de trabalho diretos e cerca de 10 mil indiretos.


“É um investimento robusto, em metade das nossas unidades produtivas gaúchas, portanto, distribuído em diferentes regiões do Estado. É um plano consistente, que já está em andamento e que esperamos concluir em um prazo agressivo, até 2023. Ou seja, é um volume grande, em pouco tempo, pois confiamos muito no Estado. O RS já era importante para nós e se tornará cada vez mais”, destacou Wesley Filho.


O presidente da JBS disse ainda que, desde o início da pandemia, a companhia doou R$ 24 milhões para o RS, com uma estimativa de beneficiar mais de 3 milhões de pessoas com entrega de itens e equipamentos para o sistema público de saúde, em diferentes regiões do Estado. Na última semana, começaram a chegar a Porto Alegre 153 novos equipamentos hospitalares que permitirão a abertura de leitos de UTI.


Desde 2020, já foram doados ao Rio Grande do Sul 63 respiradores, 220 camas clínicas e de UTI, 300 monitores de sinais vitais, 3 milhões de unidades de equipamentos de proteção individual (EPI) hospitalares, três ambulâncias e 6,3 mil cestas básicas, entre outros.


“No momento de dificuldade que o país e o mundo estão passando pelo enfrentamento da pandemia, estarmos assistindo ao anúncio de um investimento gigante no RS, de um grupo importante e tão presente no nosso Estado, é muito animador e um indício de que estamos no caminho certo com as medidas adotadas pelo governo.


Agradecemos a confiança e esperamos seguir contando com a parceria da JBS”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Edson Brum.


Investimento total de R$ 1,7 bilhão dividido da seguinte forma: • 35% nas plantas de aves dos municípios de Trindade do Sul, Passo Fundo, Caxias do Sul e Nova Bassano • 32% na unidade de suínos de Seberi • 33% nas unidades de alimentos preparados em Bom Retiro do Sul, Seberi e Santa Cruz do Sul





Fonte: Portal/RS

Foto: Arquivo/Web