Março tem recorde de casos de covid-19 em Palmitinho


Os registros de casos confirmados de covid-19 apresentou aumento recorde durante o mês de março, passando de 340 para 539, um aumento de 58,5%.


O aumento seguiu a tendência dos casos registrados no país e em todos os estados brasileiros durante o mesmo período, causando colapso no sistema de saúde e na morte de milhares de pessoas.


De acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde(SES), o mês representou o momento mais crítico desde o início da pandemia com a saturação do sistema de saúde e o esgotamento dos leitos de UTIs que atuaram acima da capacidade de 100% durante todo o mês. O momento também representou fortes impactos no setor econômico com o fechamento total do comércio não essencial, consequência do decreto estadual que estabeleceu bandeira preta e o cancelamento do modelo de cogestão pelo período de 15 dias.


Em Palmitinho os casos tiveram forte aumento e no momento mais crítico, no dia 15 de março, o município contava com 61 casos ativos da doença, passando para 7 o número de óbitos em decorrência da doença.


O número de casos continua ascendente no início de abril e conforme o último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, nesta terça-feira(06), eram 592 casos positivos. O número de casos ativos e de pessoas internadas bateu novo recorde e chegou a 71 com 11 internadas nesta terça-feira. A média de casos do mês de março era de 6,42 por dia, bem acima da média de fevereiro que foi de 3,14 casos por dia. Nos primeiros seis dias de abril a media diária de infectados saltou para 8,33 e atingiu o maior pico diário desde o início da pandemia.


A Secretaria Municipal de Saúde mantém o alerta para que a população tome o máximo de cuidado para evitar a propagação da doença. O uso de máscara, de álcool gel e o isolamento social são fundamentais para conter o vírus, reforça a Secretaria.

A reprodução de todo o conteúdo deste site é autorizada mediante indicação de fonte

Vitrine do Povo - CNPJ 33.306.787/0001-73