top of page

RS inicia entrega de sementes do Programa Troca-Troca de Milho e Sorgo


As entregas das sementes da safra 2023/2024 do Programa Troca-Troca de Sementes de Milho e Sorgo tiveram início nesta quarta-feira (26). A ação se deu a partir da emissão formal da autorização por parte da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) para que as empresas fornecedoras contratadas pudessem executar a entrega.


Com o objetivo de promover o atendimento prioritário aos produtores que realizam o cultivo de milho no início do calendário de semeadura, o processo de entrega de sementes tem início com um primeiro lote nos municípios dos seguintes Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes): Missões, Fronteira Noroeste, Fronteira Oeste, Noroeste Colonial, Celeiro, Alto Jacuí, Rio da Várzea, Médio Alto Uruguai e Vale do Taquari.


Assim, as prefeituras, os sindicatos e as associações dessas regiões já estarão recebendo as sementes reservadas nos próximos dias, possibilitando que os produtores estejam com elas disponíveis para fazer o cultivo assim que as condições climáticas forem favoráveis.


Nesse grupo, 210 entidades (prefeituras, sindicatos, associações e cooperativas), em 165 municípios, receberão 51,3 mil sacas de sementes, que irão atender cerca de 15 mil agricultores familiares.


A partir da próxima semana a entrega de sementes já se amplia também com o segundo lote para as demais regiões. O objetivo é que, entre três e quatro semanas, quase a totalidade das entregas de sementes tenha sido concluída no Estado.


A semeadura na época correta é fator determinante para o bom desenvolvimento do cultivo do milho, e os agricultores atendidos pelo Programa Troca-Troca terão essa condição para escolher o melhor momento de semeadura dentro de seu planejamento produtivo.


“O Troca-Troca de Sementes é um programa de extrema importância para os nossos agricultores, sobretudo para que eles possam reduzir os custos de produção. Com a retomada da SDR, o programa vem sendo aprimorado para melhor atender os nossos produtores”, afirma o secretário de Desenvolvimento Rural, Ronaldo Santini. “Sementes com novas tecnologias e mais variedades de sementes de milho fazem parte das mudanças atuais que irão beneficiar o público atingido pelo programa.”


Novidades

Uma importante novidade para atual safra é a ampliação das categorias de sementes de milho ofertadas. Agora, além de cultivares de sementes nas categorias tradicionais de sorgo convencional (Grupo 1), milho convencional (Grupo 2) e milho transgênico (Grupo 4), o programa tem duas novas categorias de sementes de milho transgênicas especiais (Grupo 3 e Grupo 5).


· Grupo 3: cultivares de milho híbrido transgênico com resistência ao herbicida glifosato (Roundup Ready e TG) utilizadas principalmente nas áreas com necessidade de controle de plantas daninhas e em áreas de manejo de refúgio no cultivo de milho transgênico tolerante a lagartas. Possui também um preço inferior às demais categorias de milho transgênico.


· Grupo 4: cultivares de milho híbrido transgênico com resistência ao herbicida glifosato e tolerância a lagarta utilizadas para produção em sistemas produtivos de alto nível tecnológico em áreas que necessitem de manejo eficiente contra plantas daninhas e controle de lagartas.


· Grupo 5: cultivares de milho híbrido transgênico com nível tecnológico mais elevado e com Tratamento de Sementes Industrial (TSI). Essa categoria, além de agregar características técnicas dos grupos transgênicos anteriores de resistência ao herbicida glifosato e tolerância a lagarta, possui um nível de potencial produtivo superior e conta com um tratamento de sementes especial contra o ataque de insetos como percevejos, lagartas e cigarrinhas desde a semeadura.


Dados da safra 2023/2024 do Programa Troca-Troca

O programa irá entregar, nesta etapa, a totalidade de 104.397 sacas de sementes, sendo: 5.803 sacas de sorgo (Grupo 1), 43.205 sacas milho híbrido convencional (Grupo 2), 8.559 sacas milho híbrido transgênico RR (Grupo 3), 44.309 sacas milho híbrido transgênico (Grupo 4) e 2.521 sacas milho híbrido transgênico TSI (Grupo 5).


Serão beneficiados 31 mil agricultores, de 492 entidades em 400 municípios.

No mês de novembro, serão efetuadas as entregas de sementes referentes à etapa da safrinha 2023/2024, que totalizam mais 12.647 sacas de sementes.


O investimento do governo neste ano é de aproximadamente R$ 8,4 milhões de reais, referente ao subsídio direto que o Estado dá aos agricultores no valor da semente do Programa Troca-Troca de Sementes.


Somando as duas etapas, safra e safrinha, serão beneficiados 32.279 produtores, de 496 entidades. O número total de sacas é de 117.044 e o valor total da operação no ano safra é de R$ 53.096.016.









Fonte: Portal/RS

Foto: Divulgação/Web

Comments


bottom of page