top of page

Safra de grãos pode passar de 300 milhões de toneladas esse ano


A estimativa para a safra 2022/2023 indica uma produção de grãos de 312,2 milhões de toneladas, 15% ou 40,8 milhões de toneladas superior à obtida em 2021/2022. Os dados são do terceiro levantamento da safra de grãos, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB).


De acordo com a CONAB, com a conclusão do plantio das culturas de primeira safra em dezembro, as atenções se voltam para a evolução das lavouras e os efeitos do comportamento climático, que deverá definir a produtividade. Com relação à estimativa anterior, anunciada em novembro, quando foram projetadas 313 milhões de toneladas de grãos, os dados mostram um ajuste no volume total em função da menor produtividade do milho e redução na área de arroz.


Ainda assim, com a área total de plantio estimada em 77 milhões de hectares, a agricultura brasileira mantém a tendência de crescimento observada nos últimos anos, também com previsão de recorde. O resultado representa um crescimento de 3,3% ou de 2,49 mil hectares sobre a área da safra 2021/2022.


Nas pesquisas realizadas para esse levantamento, a evolução do plantio das culturas de primeira safra apresenta um leve atraso. Segundo a CONAB, houve uma cautela natural dos produtores em um cenário climático que apresenta excesso de chuvas e baixas temperaturas, sobretudo em parte dos estados das regiões Sul e Sudeste. Há, ainda, as restrições hídricas e baixa umidade do solo na região Centro Oeste e no Matopiba (região produtora que engloba Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).


— Ainda assim, a produção estimada para a safra 2022/2023 continua recorde — afirmam os técnicos da CONAB.








Fonte: Agência Brasil

Foto: Divulgação/Web

Comments


bottom of page