Virada do mês deve ter chuva e redução das temperaturas no RS


A tendência para os próximos 15 dias indica a diminuição da temperatura e ocorrência de chuva na maior parte do Rio Grande do Sul. É o que aponta o Boletim Agrometeorológico Decendial nº 2, elaborado pelo Sistema de Monitoramento e Alertas Agroclimáticos (SIMAGRO-RS), da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR).


Nas próximas semanas, a passagem de duas frentes frias provocará chuva na maioria das regiões, com possibilidade de temporais isolados e totais expressivos em alguns municípios, principalmente na metade Norte.


Não há previsão de extensas ondas de calor, e o ingresso de massas de ar seco e frio favorecerá a ocorrência de temperaturas mais condizentes com a estação do verão. O deslocamento dos sistemas meteorológicos vai proporcionar aumento da umidade do solo, especialmente nas faixas Norte e Nordeste.


Condições hídricas em janeiro:


A análise do balanço hídrico feita pelo SIMAGRO-RS mostrou que a deficiência hídrica aumentou na maior parte do Estado em janeiro, principalmente na fronteira Oeste, Missões, Região Central e Campanha. Somente nos Campos de Cima da Serra e litoral Norte, os dados apresentaram excesso hídrico ao longo do período.


O mesmo padrão se verifica no cálculo da diferença entre a precipitação ocorrida e a evapotranspiração potencial. Na maioria das regiões, a sequência de dias com temperaturas extremamente elevadas e ventos constantes aumentou a evaporação e prejudicou ainda mais o desenvolvimento das culturas instaladas.


Confira a Previsão do tempo para Palmitinho nos próximos dias;